Tudo sobre música você encontra aqui

As 7 Melhores Guitarras Para Iniciantes

Descubra as melhores guitarras para iniciantes e inicie sua jornada musical com o pé direito! Neste guia completo, você encontrará informações detalhadas sobre os principais modelos, materiais, captadores e pontes, além de dicas valiosas para escolher o instrumento ideal para o seu estilo de tocar.
Melhores Guitarras Para Iniciantes

As 7 Melhores Guitarras Para Iniciantes

Veja outros conteúdos no Geek Musical:

Você está pronto para mergulhar no mundo da música? Se sim, você veio ao lugar certo! Hoje, vamos falar sobre as melhores guitarras para iniciantes. Imagine tocando suas músicas favoritas, juntamente com seu amigo baixista, sentindo a vibração das cordas e o som que você mesmo cria. É uma sensação incrível, não é? Mas antes de começar, você precisa da guitarra certa. E é exatamente isso que vamos te ajudar a encontrar. Vamos lá!

1 - Tagima Strato Classic New T635

Um Começo Notável

Olha, se você tá começando nesse universo das guitarras e quer algo que valha cada centavo, dá uma olhada na Tagima Strato Classic New T635. Sabe, a Tagima é aquele nome que todo mundo respeita no mercado brasileiro, não é à toa, né? O modelo T635 é a prova viva disso. Com um design que é um aceno aos clássicos, mas com aquela pitada de inovação, essa guitarra promete levar seu som para o próximo nível.

Detalhes Importantes

Falando um pouquinho mais dela, essa guitarra tem umas tarraxas e uma ponte com dois pivôs que são tipo um seguro contra desafinação. Nada de perder o tom no meio daquela música que você tanto gosta! E o corpo, feito em alder, junto com o braço em maple, garante aquele som limpinho e suave. É música para os ouros, especialmente se o seu lance for blues ou jazz.

Características Principais

  • Tarraxas e ponte com dois pivôs: Mantém a afinação estável.
  • Corpo em alder e braço em maple: Oferece um som limpo e confortável.
  • Captadores alnico: Para uma qualidade sonora nítida e versátil.

Prós

  • Tarraxas e ponte com dois pivôs: Adeus, preocupação com desafinação!
  • Som limpo e suave: Ideal para quem está descobrindo seu estilo.
  • Versatilidade: Graças aos captadores alnico.

Contras

  • Falta de captadores humbucker: Pode não satisfazer quem busca um som mais pesado.
  • Preço: Pode ser um investimento considerável para iniciantes.

2 - Tagima TG-530

Descobrindo o Som com Estilo

Se você está pensando em entrar de cabeça no mundo das guitarras, a Tagima TG-530 é tipo o bilhete dourado pra você. Imagina um instrumento que não só tem a pegada certa, mas também um som que é um verdadeiro convite pra quem tá começando. Com um corpo em basswood e um braço em maple no shape “C”, essa guitarra é a definição de conforto e qualidade sonora.

O Som Que Marca

A TG-530 não tá aqui só pra brincadeira, não. Ela vem equipada com 22 trastes e tarraxas diecast, o que significa que você pode se jogar naquele solo sem medo de sair do tom. E os três captadores single coil cerâmicos? Ah, esses são um show à parte, feitos pela própria Tagima pra entregar um som mais “flat”, perfeito pra quem tá querendo explorar desde o punk até outros estilos mais raw.

Características Principais

  • Corpo em basswood e braço em maple shape “C”: Conforto e som limpo.
  • 22 trastes e tarraxas diecast: Afinação estável pra você se expressar.
  • Três captadores single coil cerâmicos: Som “flat” e versátil.
  • Série Woodstock da Tagima: Visual vintage e diversidade de timbres.

Prós

  • Som limpo e suave: Perfeito para iniciantes.
  • Afinação estável: Graças às tarraxas diecast e ao design dos trastes.
  • Versatilidade sonora: Com os captadores single coil cerâmicos.
  • Visual vintage: Parte da charmosa série Woodstock.

Contras

  • Som “flat”: Pode não atender a todos os gostos musicais.
  • Uso da alavanca: Pode desafiar a afinação, apesar das tarraxas diecast.

3 - Epiphone Les Paul Special

O Eco de Bob Marley

Sabe quando você fecha os olhos e imagina aquelas melodias que só o Bob Marley conseguia criar? Pois é, com a Epiphone Les Paul Special, você não só imagina, mas também traz esse som para a realidade. Feita pela Epiphone, essa guitarra é um convite aberto pra você mergulhar no universo do reggae e além. Com captadores humbuckers que são a assinatura da Epiphone, essa guitarra tem tudo para você capturar a essência da música com versatilidade e aquele timbre que só uma Les Paul pode oferecer.

Mais Que Uma Guitarra, Uma Experiência

Não é só de som que vive uma guitarra, né? A construção dela também conta muito. Com corpo e braço em mogno, a tocabilidade é top. E olha, a escala em rosewood com 22 trastes? Isso aí é garantia de um som limpo e nuances suaves nas suas músicas. Ah, e não posso esquecer da ponte Tune-O-Matic e do Stopbar Tailpiece, que juntos seguram a afinação mesmo quando você decide explorar novos solos com a alavanca.

Características Principais

  • Corpo e braço em mogno: Para uma tocabilidade excepcional.
  • Escala em rosewood com 22 trastes: Sons limpos e suaves.
  • Ponte Tune-O-Matic e Stopbar Tailpiece: Afinação estável garantida.
  • Captadores humbuckers da Epiphone: Som incrível e versátil.

Prós

  • Tocabilidade excepcional: Graças ao mogno.
  • Som limpo e suave: Perfeito para qualquer estilo.
  • Afinação estável: Ideal para quem explora a alavanca.
  • Versatilidade de som: Com os captadores humbuckers.

Contras

  • Preço um pouco mais alto: Mas vale cada centavo pelo que oferece.

4 - Squier Affinity Stratocaster

Uma Estrela Acessível

Sabe aquele sonho de ter uma guitarra digna dos grandes nomes como Eric Clapton e John Mayer, mas a grana sempre curta? Então, a Squier Affinity Stratocaster é a luz no fim do túnel pra você! A Squier, adotada pela Fender lá em 1965, fez esse modelo pensando exatamente em quem tá começando e não quer deixar um rim na loja. Ela segue a linha da famosa Stratocaster, mas com um precinho bem mais amigo. E ó, não é porque é mais em conta que a qualidade fica pra trás, viu?

Sonoridade e Estilo na Medida

Olha só, essa Squier Affinity tem um combo de captadores que é música para os ouvidos: 1 duplo (Humbucking) e 2 simples, garantindo aquele som versátil que a gente adora. E não para por aí, as atualizações recentes elevaram o nível dessa guitarra a um ponto que, se fechar os olhos, você mal distingue dela pra uma Fender mais parruda. O corpo em álamo, junto com a placa de dedo e o braço em bordo, dão não só um visual clássico e elegante, mas também uma tocabilidade excelente.

Características Principais

  • Corpo em álamo: Leveza e conforto ao tocar.
  • 1 captador Humbucking e 2 captadores de bobina única: Versatilidade sonora para qualquer estilo.
  • Braço e placa de dedo em bordo: Visual clássico com uma pegada elegante.

Prós

  • Excelente tocabilidade: Fácil de manusear e confortável.
  • Som incrível e versátil: Ideal para explorar diversos estilos musicais.
  • Visual clássico e elegante: Chama atenção por onde passa.

Contras

  • Preço um pouco mais alto: Mas ainda assim, um ótimo investimento para iniciantes.

5 - Tagima TG-520

Primeiros Acordes com Estilo

Você está naquela vibe de começar a tocar guitarra e quer algo que marque esse início? Então, se liga na Tagima TG-520. Essa belezinha tem tudo que um iniciante poderia querer, e olha, até quem já está na estrada há um tempinho vai curtir. A Tagima, que é um nome de peso aqui no Brasil, botou pra jogo esse modelo que tá todo mundo falando. E o legal? É parte da série TW, com aquela pegada vintage que a gente adora, mas com um toque moderninho.

Conforto e Versatilidade no Palco

A TG-520 não é só bonita não, ela também é super confortável de tocar. Com o braço em maple e aquele verniz fosco atrás, sua mão vai deslizar que é uma beleza. Perfeito pra quem tá começando a se aventurar nos acordes e solos. E os captadores? São três no total, um humbucker e dois single coils, todos feitos de cerâmica pela própria Tagima. O som? Versátil que só, pra você explorar desde o rock até um popzinho mais tranquilo.

Características Principais

  • Corpo em basswood e braço em maple: Tocabilidade top de linha.
  • Três captadores (1 humbucker + 2 single coils): Versatilidade sonora.
  • Design inspirado na Fender Stratocaster: Visual clássico e elegante.

Prós

  • Excelente tocabilidade: Facilita a vida de quem tá começando.
  • Som incrível e versátil: Pra tocar o que vier na telha.
  • Visual clássico e elegante: Chama atenção por onde passa.

Contras

  • Preço um pouquinho salgado: Mas vale cada centavo pelo que oferece.
  • A alavanca pode desafinar: Mas nada que uma boa ponte Tune-O-Matic não ajude a manter sob controle.

6 - Yamaha Pacifica 012

Primeiros Acordes com Conforto

Se liga nessa: se você tá começando no mundo das guitarras e quer uma parada de qualidade, a Yamaha Pacifica 012 é tipo um achado. Ela é super aclamada entre as galeras que estão pegando as primeiras dicas do instrumento, sabe por quê? Porque além de ter um timbre daqueles, a tocabilidade é algo que nem se fala. A Yamaha caprichou no design pra que você, iniciante, tenha exatamente o que precisa pra mandar bem desde o início.

Som de Qualidade em Cada Nota

Agora, vamos ao que interessa: o som. A Pacifica 012 vem equipada com um captador humbucker na posição da ponte, garantindo aquele som cheio e potente, além de dois single coils pra você explorar uma variedade de timbres. E com uma chave de cinco posições, dá pra viajar nos sons intermediários e encontrar aquele que mais fala com você. E olha só, o tremolo dela é um vintage com seis capo d’astros que você pode ajustar como quiser, pra ter aquela precisão nos bends e vibratos.

Características Principais

  • Corpo projetado para conforto máximo: Essencial para quem tá começando.
  • Captador humbucker e dois single coils: Variedade de timbres ao seu alcance.
  • Chave de cinco posições: Exploração de sons intermediários.
  • Tremolo vintage ajustável: Precisão nos detalhes sonoros.

Prós

  • Conforto excepcional: Facilita as sessões de prática.
  • Variedade sonora: Ideal para explorar estilos diferentes.
  • Precisão superior: Ajuste fino à disposição.

Contras

  • Preço um pouco mais alto: Mas o investimento vale a pena.
  • Afinidade da alavanca: Pode desafiar a afinação, mas isso é parte do aprendizado.

7 - Ibanez GRG 131DXBKF

Versatilidade e Conforto nas Suas Mãos

Se você está na busca por uma guitarra que dê conta do recado em vários estilos musicais, a Ibanez GRG 131DXBKF é aquele achado. Não importa se você tá começando agora ou já tem uma estrada na música, essa guitarra tem um braço fino e macio que é pura magia. Facilita demais a vida na hora de explorar as escalas e mandar ver nos solos.

Sonoridade Que Não Deixa a Desejar

Agora, falando de som, essa Ibanez é daquelas que fazem a diferença. Com 24 frets, você tem liberdade total pra chegar nas notas mais agudas sem sofrimento. E os captadores Humbuckers? Esses caras entregam uma versatilidade de timbres que é um verdadeiro playground sonoro, desde um rock mais pesado até aquele blues mais suave. E sem falar que a ponte fixa dá aquela segurança extra na afinação, que é tudo de bom.

Características Principais

  • Braço fino e confortável: Ideal pra qualquer nível de habilidade.
  • 24 frets: Liberdade total nas notas agudas.
  • Captadores Humbuckers: Versatilidade incrível de timbres.
  • Ponte fixa: Afinação estável por mais tempo.

Prós

  • Conforto excepcional: Facilita a execução das técnicas.
  • Versatilidade sonora: Pra tocar qualquer estilo.
  • Afinação estável: Graças à ponte fixa.

Contras

  • Preço um pouco mais alto: Mas o investimento vale cada centavo pelo que oferece.

Descobrindo a Guitarra Perfeita: Um Guia para Iniciantes

A Primeira Nota: Escolhendo Sua Guitarra

Cair na estrada da música com a guitarra certa pode ser tão emocionante quanto confuso, especialmente para os iniciantes. Mas ó, relaxa! Vamos mergulhar juntos nesse mundo, te mostrando como pegar a estrada da música com a guitarra que mais combina com você.

O Estilo Manda no Instrumento

O Match Perfeito: Guitarra e Estilo Musical

O design da sua futura guitarra não é só questão de estética; tem tudo a ver com o som que você quer tirar dela. Seja você fã de blues, rock, jazz, ou até de um metal bem pesado, tem uma guitarra com seu nome esperando por você. Vamos dar uma olhada em alguns modelos:

  • Telecaster: A queridinha do country e do blues.
  • Stratocaster: Para os versáteis, que curtem de tudo um pouco.
  • Les Paul: O som pesado e encorpado ideal para o rock.
  • SG e Flying V: Para os roqueiros e metaleiros de plantão.
  • Explorer: Popular entre fãs de heavy metal e rock.

Tipo de Material

Madeira que Ecoa: O Coração do Som

A madeira da sua guitarra é tipo a alma dela, sabia? Cada tipo tem seu timbre único:

  • Mogno: Som quente, ideal para solos envolventes.
  • Basswood: Equilibrado, perfeito para iniciantes.
  • Alder: A força e a resistência a serviço do rock.
  • Maple: No braço da guitarra, traz clareza ao som.

O Corpo Fala: Estilos de Guitarra e Seu Impacto Sonoro

A forma do corpo da guitarra não é só uma questão de visual, ela influencia diretamente no som. Sabe aquela diferença que você sente ao ouvir uma música acústica e uma elétrica? Então, parte disso vem do tipo de corpo da guitarra:

  • Corpo Sólido: A base das elétricas, versátil e robusta.
  • Corpo Acústico: A caixa de ressonância que traz o folk à vida.
  • Corpo Semiacústico: O meio-termo perfeito para blues e jazz.

A Voz da Guitarra: Captadores e Seu Papel

Os captadores são tipo a voz da sua guitarra, capturando as vibrações das cordas e transformando em som elétrico. Dependendo do seu estilo, você vai querer prestar atenção nesse detalhe:

  • Single Coil: Para um som limpo, ideal para blues e rock.
  • Humbucker: Som mais pesado e cheio, a escolha certa para hard rock e metal.

Mantendo o Tom: A Importância da Ponte

A ponte pode parecer só um detalhe, mas ela tem um papel crucial na afinação e na jogabilidade da guitarra. Escolher entre uma ponte fixa e uma ponte tremolo pode fazer toda a diferença na sua experiência musical, especialmente em como você usa a alavanca para criar efeitos.

Livre para Explorar: O Universo dos Trastes

A quantidade de trastes define o quão alto você pode ir nas notas. Mais trastes significam mais notas para explorar, então pense no que você quer tocar antes de decidir.

Conclusão: A Jornada Começa

Escolher sua primeira guitarra é o primeiro passo em uma jornada incrível pela música. Não se apresse, explore as opções, e mais importante, escolha a guitarra que faz seu coração vibrar.

Agora que você tem uma ideia do que procurar, saia e encontre a guitarra que fala à sua alma. Caso você ainda esteja curioso, veja um artigo interessante que fala sobre as melhores pedaleiras para guitarra.

Perguntas Frequentes

  • Qual é o melhor modelo de guitarra para iniciantes?

    Não há uma resposta única para essa pergunta, pois depende do estilo musical e das preferências pessoais de cada músico. Alguns modelos populares para iniciantes incluem as 7 melhores guitarras para iniciantes neste artigo.

  • Qual é a diferença entre uma guitarra de corpo sólido e uma semiacústica?

    Uma guitarra de corpo sólido é feita de uma única peça de madeira, enquanto uma semiacústica tem uma caixa de ressonância que amplifica naturalmente o som. As semiacústicas são mais adequadas para estilos como jazz, country e folk, enquanto as de corpo sólido são mais versáteis e podem ser usadas em uma variedade de gêneros musicais.

  • Quais são os tipos de madeira mais comuns usados na fabricação de guitarras?

    Alguns dos tipos de madeira mais comuns incluem mogno, basswood, alder e maple. Cada tipo de madeira tem suas próprias características sonoras e estéticas.

  • Qual é a diferença entre captadores single coil e humbuckers?

    Os captadores single coil produzem um som mais brilhante e limpo, enquanto os humbuckers produzem um som mais pesado e encorpado. A escolha entre os dois depende do estilo musical e das preferências pessoais do músico.

  • O que é uma ponte fixa e uma ponte tremolo?

    Uma ponte fixa é uma ponte que permanece no mesmo lugar, mantendo a afinação do instrumento por mais tempo. Uma ponte tremolo tem uma alavanca que pode ser usada para mudar o tom do instrumento, permitindo a execução de efeitos interessantes.

  • Quantos trastes uma guitarra para iniciantes deve ter?

    A maioria das guitarras para iniciantes tem entre 21 e 24 trastes, mas existem modelos que podem ter até 30 trastes. O número de trastes afeta o número de tonalidades disponíveis e a facilidade de tocar certas técnicas.

  • Quanto devo gastar em uma guitarra para iniciantes?

    O preço de uma guitarra para iniciantes pode variar de R$900,00 a R$8.000,00, dependendo da qualidade dos componentes e do fabricante. É importante encontrar um equilíbrio entre preço e qualidade ao escolher uma guitarra.

  • Qual é a melhor idade para começar a tocar guitarra?

    Não há uma idade ideal para começar a tocar guitarra. O importante é ter vontade de aprender e dedicar tempo e esforço ao estudo do instrumento.

  • Devo começar a tocar violão antes de aprender guitarra?

    Não é necessário começar a tocar violão antes de aprender guitarra. Embora os dois instrumentos tenham semelhanças, como o número de cordas e a afinação, eles são diferentes em termos de técnicas e estilos musicais.

  • Como testar uma guitarra para iniciantes?

    Para testar uma guitarra para iniciantes, verifique a qualidade do corpo e dos componentes, conecte a guitarra a um amplificador e experimente diferentes timbres e sons. Certifique-se de que a guitarra é confortável de tocar e que a afinação se mantém após alguns minutos de uso.

  • Por que a guitarra desafina?

    Cordas novas, armazenamento incorreto, variações de temperatura, estado do instrumento e transporte inadequado podem causar desafinação.

Ofertas do dia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Available for Amazon Prime