Geek Musical e Tungcast encerram suas atividades em novembro

Musicólogos e musicólatras de todo o Brasil, chegou o momento. É hora de anunciar o adeus do site musical mais geek da internet. Foi uma decisão bastante pensada e amadurecida, mas não foi nada fácil desapegar. O motivo dessa dificuldade é que nós adoramos ouvir música e também filosofar sobre música, deixando a paixão transbordar aqui nesta URL.

A você, que nos acompanha, devemos uma explicação. Primeiro, tanto os posts escritos quanto as gravações dos podcasts têm consumido uma quantidade de tempo incompatível com as nossas agendas profissionais hoje (não se enganem, dá muito trabalho, pois envolve todo um processo, desde encontrar pautas atraentes até lançá-las ao ar). Mas a razão principal é que acreditamos que o Geek Musical e o Tungcast já cumpriram sua missão. Todos os assuntos que considerávamos mais relevantes ― e que nos moviam ― já foram abordados, debatidos e dissecados. Sabíamos que a encruzilhada chegaria um dia, e ela de fato chegou.

Mas calma. Não queremos simplesmente terminar tudo abruptamente, como uma agulha riscando o vinil. Queremos que o disco toque até o final, de modo que ainda temos dois meses para curtir até o último post, que já tem data marcada. Nosso Coda ocorrerá em 25 de novembro de 2015, quando irá ao ar o TUNGCAST de número 100, fazendo um balanço dessa jornada épica, que começou em 13 de julho de 2009 e sobreviveu por seis anos e meio a todas as turbulências da internet. Entendemos que além de todo o simbolismo do número redondo fechar o círculo, ele encerra também um ciclo para nós profissionalmente.

Todo fim costuma vir carregado de pesares e melancolia. Mas nossa intenção aqui é fazer o contrário: queremos fazer dessa última temporada a mais vibrante e divertida de todas. Se vamos continuar falando de música na internet ou em alguma outra plataforma? Quem é que sabe do futuro? O que sabemos por enquanto é que queremos ter você a bordo, comentando, opinando e compartilhando esses últimos momentos de geekismo auditivo. Bora lá?

Som na caixa e um forte abraço a todos
Diogo Salles e Rafael Fernandes

17 Responses to “Geek Musical e Tungcast encerram suas atividades em novembro”

  1. Luís Gustavo disse:

    Olá caros, nesta minha primeira interação com vocês eu quero simplesmente agradecer antecipadamente pelo conteúdo de qualidade extrema que vocês vêm entregando.
    Como fã não dá também pra não indicar o patreon e a lei rouanet para que a monetização quem sabe compense o tempo.
    Como um geek musical, bem… vocês que me fizerem ser um geek musical, então obrigado!

  2. William disse:

    Lamento o fim das atividades do tungcast e do Geek musical, mas é totalmente compreensível. Participei pouco dos comentários, mas os programas e o blog foram muito bons pra mim, como um espaço em que eu encontrava conteúdo musical sendo discutido com critério.

    Abraços e obrigado, adiantado

  3. Thiago Chaves disse:

    Poxa, que pena, de verdade. Desejo muito sucesso a vocês!
    Abraço!

  4. Renato disse:

    Pelo menos o tungcast poderia continuar, nem que seja quinzenal…pelo soundcloud (dica)

  5. wanderson disse:

    Uma pena não ter conhecido o site antes (tive o primeiro contato no final de 2014). Acho que este é um daqueles espaços raros na internet que discutem com inteligência e profundidade os tópicos da vida, em especial a música. É uma pena acabar, mas compreendo os motivos. Me resta agradecer os conteúdos fornecidos ao longo desses meses e desejar muito sucesso pela frente. Abraços!

  6. Vitor Azevedo disse:

    Valeu moçada!
    Trabalho esplêndido e profissa!

  7. Rodrigo Rosa disse:

    Semelhante ao “wanderson” ae a cima, eu tbem só tive contato com o Tungcast há relativamente pouco tempo, mais especificamente há cerca de 3 meses, tempo suficiente de pegar quase metade dos podcasts de vcs e dissecá-los no percurso casa-trampo (2h/dia)

    Enfim, pude durante este tempo ver opiniões e visões diferentes e aprender mais sobre aquilo que amamos em comum: música. Destaque para os singulares Tungcasts do Faith No More, Guns N’ Roses e Led Zeppelin ( puta pesquisa caralhosa do trampo dos caras sem cair no lugar-comum ). Alguns me deixaram pensativo como o do Jack White, e outros que puseram em contacto com artistas únicos como os caras do YES e de MPB que atrairam para ler o livro do Nelson Motta sobre o Tim Maia.

    Enfim novamente, boa sorte a vcs em suas empreitadas e meus mais sinceros parabéns. ( pqp, se forem fazer 9mente um podcast prestem atenção nos latidos de cachorro de fundo, meu bagui mto comico kkkk )

    Abç

  8. Gabriel LC disse:

    Caras, é uma pena ver este projeto se acabando, mas obrigado pelas aulas de música que tive ao longo dos tungcasts e posts. Sou grato por vocês me fazerem ouvir e gostar de artistas e bandas como Cesar Camargo Mariano, Miles Davis, Yes… Sorte e sucesso para o futuro.

    Abs.

  9. Diogo Salles disse:

    Amigos (todos): muito obrigado pelos comentários e pela compreensão.

    Rodrigo Rosa, nos orgulha saber que ajudamos a tornar as suas jornadas de trabalho (e de tantos outros) menos chatas e cansativas. Ao ressaltar o trabalho de pesquisa, acho que você compreendeu bem o motivo para o fim (ah, esse cachorro nos assombrou por um bom tempo… hahahahaha)

    Gabriel LC, você falar que começou a gostar de Miles, Cesar Camargo e Yes por causa do Tungcast já fez valer a pena todo o trabalho que tivemos.

    A quem nos pergunta: sim, todo o acervo de 6,5 anos de trabalho ficará online para consultas e audições futuras.

    Obrigado a todos, de verdade, pelas mensagens.

    E som na caixa porque semana que vem tem um Tungcast #098!

    abs
    Diogo

  10. Helisandro disse:

    Bom dia Diogo e Rafael.

    Estava afastado do “mundo dos podcasts”. Hoje resolvi colocar as audições em dia, depois de 3 anos e deparei com essa notícia triste.

    Compreendo perfeitamente vocês, o Tungcast junto com o Máquina do Tempo e o Pipoca e Nanquim, foram os pilares que eu tomei como exemplo quando decidi formar com meus amigos o nosso podcast. Infelizmente todos eles já não existem mais como podcast.

    Só quero agradecer por toda a inspiração e conteúdo que vocês disponibilizaram.

    Sei que é complicado, mas pelo menos pensem em gravar um episódio anual, sobre os melhores albúns do ano. Esse era o meu preferido, conheci sons novos através desses episódios.

    Valeu Diogo e Rafael.

    Abraço

    • Diogo Salles disse:

      Fala, Helisandro,

      Obrigado pelas palavras. Como está dito no texto, podemos voltar a falar de música em algum momento futuro, mas não será da forma que fizemos até hoje.

      Ficamos muito felizes em saber que servimos de inspiração a você e outros ouvintes ilustres.

      Forte abraço
      Diogo