Tungcast#088: Os riffs esquecidos do rock (vol.2)

 

Segundo volume do especial com os riffs esquecidos do rock. Sabe aqueles riffs que você gosta, mas não lembra? A gente listou alguns deles para você. Se esquecemos de algum, pode deixar sua sugestão na caixa de comentários.

Baixe em mp3 (31MB) – clique com o botão direito e escolha “salvar como”

“Elephants” – Them Crooked Vultures
“Hangin Tree” – Queens Of The Stone Age
“Breaking All The Rules” – Peter Frampton
“Turn It On Again” – Genesis
“It’s Only Love” – Bryan Adams
“Generator” – Foo Fighters
“Maybe You Baby” – Stevie Wonder
“What Mama Said” – Jeff Beck/Jennifer Batter
“Bad Love” – Eric Clapton
“Batuka” – Santana
“Airbag” Radiohead
“The Stroke” – Billy Squier
“Schism” – Tool
“Don’t Fear the Reaper” – Blue Oyster Cult
“Dolemite” – Scott Henderson

6 Responses to “Tungcast#088: Os riffs esquecidos do rock (vol.2)”

  1. Gustavo Sampaio disse:

    Realmente acertei no Peter Framptom, agora é fácil falar mas, contando que vocês acreditem, eu ia colocar na minha lista, Airbag e Dont fear the Ripper…

    Se fosse bingo eu teria acertado três pedras..rsrs

    Um abraço pra vocês!

  2. Marcell Alves disse:

    Um riff esquecido, na minha opinião, é o de Lady Fantasy, do Camel. Inclusive, acho que o Camel é uma subestimada do rock.

  3. Chico Milk disse:

    Posso estar enganado, mas Breaking All the Rules é uma das músicas mais conhecidas do Frampton, tanto que essa é uma música presente em álbuns do estilo “The best of…”

    Acho que Cinderela Man do Rush um dos melhores riffs do Lifeson Gostaria de citar também:
    - Jelly Belly, Here is no Why, Where Boys Fear to Tread e Bodies do Pumpkins;
    - Grease Monkey e My Thing do Jeff Beck;
    - Toe in the Line do Pride&Glory.

    Aliás, existe a possibilidade de rolar um programa só de Pumpkins?

    Excelente programa, bem como o primeiro. Tung é um dos meus pods preferidos. Continuem firmes! Expectativa pelo programa 100! Abraço!

    • Diogo Salles disse:

      Chico, de fato essa música é uma das mais conhecidas do Frampton, mas há 2 problemas que tem a ver com o contexto:

      1) essa música é de 1981, época em que o Frampton estava em baixa na carreira
      2) durante muito tempo o próprio Frampton a ignorou em seus shows, só resgatando-a mais recentemente. Pra vc ter uma ideia, eu mesmo fui no show dele em 1995 aqui em SP e ele não tocou essa.

      Sobre o Pumpkins, infelizmente não teremos como fazer. Só temos mais 2 Tungcasts.

      abs
      Diogo

      • Chico Milk disse:

        Obrigado pelos esclarecimentos! Talvez Breaking… tenha se popularizado por causa das propagandas do cigarro Hollywood, que aliás rende um bom programa!

        Valeu Diogo, grande abraço!