Top 5 – Meus videoclipes memória afetiva

Houve um tempo – e eu sou desse tempo – em que eram os videoclipes que moviam a indústria da música. Não era melhor, nem pior: apenas diferente. Eu peguei o início da MTV no Brasil e toda aquela excitação de, finalmente, poder saber das novidades da música – algo risível se lembrado hoje em dia. E, para quem cresceu nesse cenário, alguns clipes ficaram marcados na memória afetiva. Escolhi cinco dos meus, destacados não necessariamente pela qualidade ou pioneirismo, mas sim pela lembrança.

Jamiroquai – Virtual Insanity

Esse vídeo é o pacote completo: grande artista, música maravilhosa, arranjo sofisticado, performance única, vídeo criativo e inovador (para a época), além de me trazer boas lembranças. O Jamiroquai já tinha alguns sucessos anteriores, mas foi aqui que explodiu. E esse clipe virou um clássico eterno da MTV. Um prato cheio para saudosistas clamarem que “naquela época é que era boa”. Eu não concordo, mas isso é assunto para outro texto.

Dee Lite – Groove Is In The Heart

Já falamos dessa música no Tungcast One Hit Wonders Vol. 02, mas é inevitável voltar a ele aqui. Um marco do início da MTV Brasil, parecia já na época fora de contexto, pois a música tem clima diversão anos 70, visual anos 60 e psicodelismo – algo bem diferente do cenário musical do começo dos anos 90. Um clipe divertido e despretensioso, assim como a música, e que me leva de volta à infância.

Faith No More – Epic

Outro clássico da MTV – e mais um que impulsionou uma banda ao estrelato. Depois daqui, todo mundo começou a prestar atenção ao Faith No More – e as menininhas passaram a suspirar por Mike Patton. Observe o visual do vídeo, os efeitos, a mistura de cores com um ar sombrio, as roupas, os movimentos: isso exala o clima do início dos anos 90. E a música…Bem, a música é espetacular e eu tinha ela gravada em várias das minhas fitas K7. :P

Guns N’ Roses – Yesterdays

O Guns N’ Roses ficou marcado por clipes super produzidos e caros. Mas não foi o caso desse “Yesterdays”. Gravado no mesmo dia de “Garden of Eden” aposta na simplicidade – e no clichê da banda dublando a música sem compromisso. Ele me marcou, porque: 1) era um vídeo simples de uma banda especialista em grandes produções e 2) Eu e meu irmão, fãs da banda, estávamos fora de casa contando os minutos para voltar a tempo de ver a estreia na MTV. Olhem como sou velho: venho da época em que você ansiosamente esperava pela estreia de um clipe num horário e canal específicos.

Dr. Sin – Emotional Catastrophe

Uma coisa curiosa na época da MTV é que alguns clipes viravam “lendas”: você sabia que existiam, mas não conseguia ver nunca. Esse é um caso. Eu sabia que o Dr. Sin havia feito um clipe dessa (fabulosa) música e que ele tinha passado até com alguma frequência numa época. Mas eu nunca conseguia ver – no máximo peguei um finalzinho numa madrugada qualquer. Nem no lendário Fúria Metal, do Gastão, eu tive a sorte de assistir. Viu como aquela época não era tão boa assim?

E para você, Geek Musical, quais os seus Top 5 clipes memória afetiva?

2 Responses to “Top 5 – Meus videoclipes memória afetiva”

  1. Rodrigo disse:

    Ótima lista Rafael. Epic é totalmente “anos 90″, clipe sensacional. Gostei da lembrança do Jamiroquai, um ótimo grupo que infelizmente é visto por alguns como cópia barata do som do Stevie Wonder.

  2. Gustavo Sampaio disse:

    Entrando na onda do top 5, segue o meu:

    Van Halen – Right Now
    Radiohead – The Bends
    Smashing Pumpkins – 1979
    Angra – Make Believe
    The Verve – Bitter Sweet Symphony

    Também levando em conta memória afetiva e MTV.