Lianne La Havas – Is Your Love Big Enough?

Lianne La Havas Is Your Love BIg Enough

Nem só de rock vivem os geeks musicais. Aliás, este site se propõe a falar sobre qualquer tipo de música que gostamos – deixando aos leitores a liberdade de avaliar. Destaco agora um lançamento de 2012, Is Love Big Enough? É o disco de estreia da cantora e compositora inglesa Lianne La Havas, de apenas 23 anos. Suas músicas poderiam ser enquadradas num “soft pop”, típico de Alpha FM. Mas o grande mérito dela é não fazer nem canções pop apelativas – desesperada para fazer sucesso – nem músicas rasas. Não: Lianne faz músicas simples e sutis, mas com alguns toques de sofisticação nos acordes, arranjos e execuções. Duas coisas me chamaram a atenção quando a vi. A primeira, é que ela toca guitarra – algo que sempre me agrada. A segunda é sua voz e suas interpretações seguras, limpas e cristalinas, mesmo quando toca sozinha com seu instrumento. Em tempos de exageros de auto-tune e uma enxurrada de cantores de vozes fracas, é sempre um alento quando encontramos uma Lianne La Havas.

Veja o vídeo de “Forget”:

Is Love Big Enough? é um disco bem consistente por ser o primeiro. Já ouvimos uma artista firme em suas proposições musicais. A sonoridade é orgânica, privilegiando as performances e não necessariamente a perfeição estética. Os arranjos e instrumentos ajudam a alcançar esse tipo de som: são discretos e ao mesmo tempo vivos. A abertura, com “Don’t Wake Me Up”, já mostra que não ouviremos um disco “pop chiclete”, cheio de gritaria e artimanhas de estúdio. A música começa com um belo coro, que vai conduzindo a construção da música. Quando entra a banda, a sonoridade privilegia a elegância, com bom trabalho de guitarra base. É uma boa amostra do conceito sonoro do disco. Em seguida, temos a faixa-título, que começa com um riff de guitarra, tem arranjo intrincado e um refrão para cantar junto. Já “Lost & Found”, uma das melhores do disco, fecha bem a trinca inicial do álbum. É simples, uma balada com estilo clássico do pop. O grande destaque é a interpretação de Lianne. Cheia de sutilezas e variações, vai crescendo junto com a música até seu belo auge, um pouco antes do final.

“Au Cinéma” é outra bela música guiada por um riff de guitarra, melodia insinuante e cheia da climas. “Forget” tem um refrão com sabores orientais; “Age” é uma brincadeira com orientação jazzística; “Gone” é outra balada clássica, só com piano e voz. O vídeo abaixo é uma versão ao vivo da música “Tease Me”, um dos principais destaques do disco: é muito difícil ter essa capacidade de segurança de enfrentar uma platéia apenas com voz e guitarra. Ainda mais se saindo bem de um pequeno erro e sendo uma artista iniciante. Lianne La Havas é uma boa promessa que espero que tenha uma carreira consistente e duradoura; que não se acomode pelas bajulações e vícios da indústria.

Versão ao vivo de “Tease Me”

One Response to “Lianne La Havas – Is Your Love Big Enough?”

  1. O melhor do geek musical, é que não há como trair o movimento.